10 dicas pra fazer a Travessia da Ponta da Joatinga

10 dicas pra fazer a Travessia da Ponta da Joatinga

Nosso guia Rannier Barata é o principal líder da Travessia da Ponta da Joatinga e, claro, como ótimo conhecedor da região, ele preparou 10 dicas pra fazer a Travessia da Ponta da Joatinga sem surpresas negativas:

Repelente

A Travessia da Ponta da Joatinga é coberta por Mata Atlântica, o que faz com que os mosquitos estejam bem ativos. Ah, e eles curtem um sangue novo.

Protetor solar pro corpo, pro rosto e pros lábios

Estaremos sempre indo de uma praia a outra, então, o sol pega forte durante a travessia. O protetor solar é essencial pra você não passar um perrengue por conta de queimaduras.

Bastão de caminhada

Os bastões de caminhada dividem opiniões, uns curtem, outros não. Fato é que eles ajudam no equilíbrio e na distribuição do peso. Por serem leves e retráteis, eles podem ser guardados com facilidade. E se você nunca usou e quer aprender ou testas, essa é uma ótima travessia pra experimentar.

Leve dinheiro trocado

Dormiremos em campings com pouca estrutura, mas mesmo assim eles têm algumas porções e bebidas pra vender, mas não aceitam cartões. Fique tranquilo, toda a alimentação está inclusa, mas vai que rola aquela vontade de comer uma porção de isca de peixe com uma cervejinha né?!

Máscara de mergulho e snorkel

Pra quem curte saber o que tem embaixo d’água, levar snorkel e máscara de mergulho é uma ótima pedida. Se o mar não estiver mexido, a água fica bem clara e dá pra ver peixes e tartarugas.

Cuidado com os pés

Sempre que eu penso em trekking, a primeira coisa que me vem na cabeça é a preocupação com os pés. Para atividades de caminhada é sempre bom lembrar daquela dupla que dá problema e para Joatinga não é diferente: CALÇADO x MEIA. Independente de preferência, por bota ou tênis, vá com um de confiança e amaciado, cheque-o para ter a certeza de que não está descolando. Use meias próprias para a atividade, elas irão ajudar no rendimento e evitarão bolhas.

Respeito

Entraremos em áreas protegidas e preservadas – reserva Ecológica da Joatinga e Área de Proteção Ambiental do Cairuçu. Estas são umas das mais importantes unidades de conservação do Sul do Rio de Janeiro. Não deixe o respeito à natureza e aos moradores locais em casa, esse item é obrigatório na mochila.

Hidratação

Lá é muito quente e úmido e, por isso mesmo, desidratamos mais do que o normal. Portanto, hidrate-se sempre 😊

Lixo

Essa é uma dica importantíssima, ó, prestenção: todo o lixo volta com a gente. Vou repetir: todo lixo volta com a gente. É isso mesmo! Não podemos deixar nada para trás. O que chegou com a gente, irá voltar com a gente, ok?!

Fotos, fotos e mais fotos

Você não vai querer passar por belas praias, visuais incríveis e concluir essa travessia espetacular sem registrar os momentos vividos ali né?! Então não esqueça a câmera! Ah, se levar a gopro, não esquece de levar a boia dela pra não correr o risco dela afunda no mar.

Tamanho da mochila

Não precisa de mochila cargueira gigante. 50 litros dá e sobra pra essa travessia. Mas, se você só tem aquela de 70 litros, não vai comprar uma nova só pra isso, beleza?!

Agora que acabou de ler as dicas, bora lá arrumar a mochila para essa incrível travessia!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://www.aventurista.tur.br/wp-content/uploads/2017/03/Pico-da-Bandeira-3.png);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: initial;background-repeat: initial;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 450px;}