10 DICAS PARA VOCÊ SE TORNAR UM VIAJANTE MELHOR

10 DICAS PARA VOCÊ SE TORNAR UM VIAJANTE MELHOR

Viajantes sempre causam um impacto em seus destinos. Nós escolhemos como será este impacto: positivo ou negativo.

Se você é o tipo de viajante que quer proteger os lugares que visita e respeita a comunidade local, essa lista é pra você. Aqui estão listadas 10 formas de assegurar que o impacto que você causa no lugar que está visitando, seja positivo – tanto para a comunidade que você está visitando, quanto pra você.

Seja local

Viajamos pra ver o mundo, e você conseguirá isso se hospedando em lugares “locais”. Escolhendo investir seu dinheiro em hospedagens locais ao invés das grandes redes, você valorizará a economia local ao invés de uma cadeia global. A Aventurista sempre busca se hospedar nesse tipo de hospedagem. Desde campings na Ilha Grande, hostels em Passa Quatro, casa de moradores na Ponta da Joatinga até abrigos de montanha na Córsega, pois a única coisa que nunca muda é a chance de conhecer as pessoas locais e sua cultura. Porque, aqui está o segredo – você terá uma experiência autêntica. Então, ser local é melhor pra comunidade e pra economia deles, mas também é melhor pra você, viajante. Todos ganham.

Tenha sua própria garrafa de água

Garrafas plásticas são um dos grandes problemas ambientais hoje e parte desse problema é gerado por viajantes. A Aventurista trabalha dobrado pra poder reduzir a geração de lixo em nossas expedições, providenciando o descarte correto do lixo e água potável para encherem suas próprias garrafas. A única coisa que você precisa é trazer a sua própria garrafa e nós ficaremos felizes em enchê-la com água potável. Isso significa que seu destino ficará bonito e intacto por muitos anos e você economizará uma fortuna em garrafas de água 😊

Peça permissão antes de virar paparazzi

Fotos são uma das partes mais importantes de uma viagem. É como capturamos as memórias pra levar pra casa pra sempre. Mas nunca se esqueça que quando você está fotografando pessoas, as regras são diferentes do que clicar um lugar. Quando tirar fotos das pessoas locais, pense como você se sentiria se alguém começasse a tirar fotos suas no meio do teu dia a dia – provavelmente seria chato. Tem também o fato de que, em algumas culturas, a fotografia é vista como algo supersticioso e hostil. Sempre peça permissão antes e, se eles recusarem, respeite o desejo deles.

Diga não ao passeio de elefante (e abuso de animais)

Existem tantas boas e seguras formas de vocês interagir com esses incríveis e inteligentes animais (e qualquer outro) na sua viagem. O passeio de elefante é um abuso cruel e desnecessário – o processo de treinamento de um elefante é abusivo, muitos vivem em condições inaceitáveis e são espancados durante toda sua vida. Além do que, escolher ver esses belos animais andando livremente na natureza é algo indescritível. Isso vale para qualquer animal, inclusive as orcas e os felinos😉

Respeite a cultura local

Essa dica é tão específica pro lugar, que fica até difícil dar um conselho. Mas lembre-se de prestar atenção quando estiver viajando. Alguns países são mais conservadores em relação à roupas (tanto para homens quanto para mulheres), diferentes gestos podem ter diferentes significados em outros lugares do mundo. No Grã Bretanha, o gesto que eles conhecem como “okay” é completamente inofensivo, mas no Peru, é um insulto terrível. Esteja atento aos costumes e às expectativas locais e peça conselhos se não tiver certeza.

Suas férias, a casa deles

A coisa mais importante a ser lembrada é que você está visitando a casa dos outros, então, pense como você gostaria de ser tratado se fosse ao contrário (prestando sempre atenção aos costumes locais).

Souvenirs sustentáveis

Não compre produtos feitos a partir de animais em risco de extinção ou com consequências destrutivas – bonecos esculpidos em mogno selvagem, bolsas de pele de crocodilo e estátuas de marfim estão fora dos limites para o viajante responsável. Mas não é difícil imaginar o bem que faz ter um produto feito à mão que você pode comprar em um mercado local, direto dos artesãos, onde a população local investe seu tempo, talento e dinheiro para expor seus produtos. Você acabará com lembranças que promovem uma interação mutuamente benéfica com a comunidade e dará muito mais valor ao seu souvenir.

Viaje com um propósito

Querendo saber o que fazer com aquele bolso vazio ou um espaço extra na mala? Deixe o fleece extra em casa e visite o site “Pack for A purpose”. Nós indicamos esse site como uma forma benéfica de ajudar a identificar as necessidades da comunidade local, sejam elas escolares ou hospitalares. Essas pequenas contribuições vão além do simples fato de doar, elas trazem benefícios para a comunidade. Se o local de visita não está no site, pergunte ao seu guia, ao seu agente de viagens ou a alguém que já foi pra lá como você pode doar.

Remova todo excesso de bagagem

Quando estiver arrumando a mochila, remova todo o excesso de bagagem. Em alguns lugares é difícil dar o destino correto ao lixo e quase impossível reciclar algo, por isso, se livrar disso em casa, onde ele será destinado ao local correto, é sempre uma boa opção. Além disso, sobrará espaço na sua mochila caso queiram trazer algo especial que encontrou, ajudando a economia local.

Conecte-se….com pessoas

Viajar constrói uma ponte entre as culturas, nacionalidades e religiões. Tirar um pouco do seu tempo pra conversar e se conectar com as pessoas é a melhor forma, e uma das mais interessantes partes de viajar. Mesmo quando vocês não compartilham do mesmo idioma, a comunicação é a chave para fazer da sua viagem uma aventura maior ainda, mesmo que seja apenas um sorriso alegre e bobo. Isso não é uma coisa bacana?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://www.aventurista.tur.br/wp-content/uploads/2017/03/Pico-da-Bandeira-3.png);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: initial;background-repeat: initial;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 450px;}